O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (2023)

Se engana quem pensa que é obrigatório escolher entre construir um mundo mais sustentável ou ter bons resultados financeiros em uma empresa. Pelo contrário: cuidar do meio ambiente, ter responsabilidade social e adotar melhores práticas de governança são, na verdade, fatores que ajudam no balanço das empresas – e esse é um dos motivos para o termo ESG tenha se popularizado nos últimos anos.

ESG é um conjunto de diretrizes e recomendações para concretizar boas práticas ambientais, sociais e de governança dentro das organizações, trazendo impactos positivos para a sociedade como um todo.

Um estudo realizado pela consultoria BCG, por exemplo, mostrou que empresas que adotam melhores práticas ambientais, sociais e de governança veem diversos impactos positivos, como maior lucratividade e até uma melhora em seu valor de mercado ao longo do tempo.

Em outras palavras, negócios que se comprometem com as melhores práticas de gestão acabam tendo uma operação mais sustentável em diversos aspectos, incluindo o econômico e na gestão de riscos – e, como consequência, geram resultados melhores ao longo do tempo

Afinal, o que é ESG?

ESG é a sigla em inglês para “environmental, social and governance” (ambiental, social e governança, em português), geralmente usada para medir as práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa.

ESG pode ser usado para dizer quanto um negócio busca formas de minimizar seus impactos no meio ambiente, construir um mundo mais justo e responsável para as pessoas em seu entorno e manter os melhores processos de administração.

Além disso, o ESG também pode ser utilizado para investimentos, por meio de seus princípios de sustentabilidade, surgindo como um norteador de empresas com boas práticas. Assim, em vez de analisar apenas índices financeiros, por exemplo, investidores também observam fatores ambientais, sociais e de governança de uma companhia.

Qual a origem da sigla ESG?

A sigla ESG surgiu pela primeira vez em um relatório de 2004 intitulado “Who Cares Wins” (“Ganha quem se importa”, em tradução livre), resultado de uma iniciativa liderada pela Organização das Nações Unidas. Ela foi convocada pelo Pacto Global, que atua para que as empresas possam desenvolver ações nos Dez Princípios Universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção.

(Video) O que é ESG e por que você deve entender disso? | Semanada #58

Na época, 20 instituições financeiras de 9 países diferentes – incluindo do Brasil – se reuniram para desenvolver diretrizes e recomendações sobre como incluir questões ambientais, sociais e de governança na gestão de ativos, serviços de corretagem de títulos e pesquisas relacionadas ao tema.

A conclusão do relatório foi que a incorporação desses fatores no mercado financeiro gerava mercados mais sustentáveis e melhores resultados para a sociedade.

Qual o objetivo de ESG?

As iniciativas ESG têm como principal objetivo direcionar os caminhos para as empresas a partir de princípios relacionados com seu impacto ambiental, esforços anticorrupção, direitos humanos e trabalho, conciliando os lucros com a responsabilidade social, administrativa e com o meio ambiente.

Desta forma, as iniciativas ESG ajudam a compreender quais são os fatores positivos e negativos de uma empresa ao longo da sua operação, oferecendo uma direção para que a partir dessas práticas elas caminhem para uma administração com saldo positivo no impacto social e ambiental.Além disso, as práticas ESG corroboram para a concretização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, insituídos pela ONU em 2012.

Desta forma, as iniciativas ESG ajudam a compreender quais são os fatores positivos e negativos de uma empresa ao longo da sua operação, oferecendo uma direção para que a partir dessas práticas elas caminhem para uma administração com saldo positivo no impacto social e ambiental.

Além disso, as práticas ESG corroboram para a concretização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, insituídos pela ONU em 2012.

O que é ESG nas empresas?

A sigla ESG une três fatores que mostram quanto uma empresa está comprometida em ter uma operação mais sustentável em termos ambientais, sociais e de governança, pontos que têm ganhado grande importância no meio corporativo e financeiro.

Cada letra da sigla ESG tem um significado que agrupa várias práticas e questões alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU:

E (environmental, em inglês, ou ambiental, em português)

A letra E da sigla se refere às práticas de uma empresa em relação à conservação do meio-ambiente e sua atuação sobre temas como:

(Video) O que é ESG e como afeta o mundo dos investimentos

  • Aquecimento global e emissão de carbono;
  • Poluição do ar e da água;
  • Biodiversidade;
  • Desmatamento;
  • Eficiência energética;
  • Gestão de resíduos;
  • Escassez de água.

S (social, em inglês e português)

Já a letra S diz respeito à relação de uma empresa com as pessoas que fazem parte do seu universo. Por exemplo:

  • Satisfação dos clientes;
  • Proteção de dados e privacidade;
  • Diversidade da equipe;
  • Engajamento dos funcionários;
  • Relacionamento com a comunidade;
  • Respeito aos direitos humanos e às leis trabalhistas.

G (governance, em inglês, ou governança, em português)

Por fim, a letra G se refere à administração de uma empresa. Por exemplo:

  • Composição do Conselho;
  • Estrutura do comitê de auditoria;
  • Conduta corporativa;
  • Remuneração dos executivos;
  • Relação com entidades do governo e políticos;
  • Existência de um canal de denúncias.

Boas práticas de ESG para adotar em sua empresa

Tomar medidas ativas para a construção de um futuro sustentável é uma atitude que vem ganhando cada vez mais importância nas estratégias dos investidores e, antes de falarmos sobre os fundos de investimento ESG, listamos aqui algumas das boas práticas de ESG para empresas que você pode adotar:

  1. Adote um planejamento de medidas sustentáveis de impacto ambiental e social positivo;
  2. Defina indicadores-chave de desempenho (KPI) na estrutura de decisões – ou seja, não só planeje medidas sustentáveis, mas saiba medir seu sucesso;
  3. Estimule uma cultura corporativa mais preventiva em relação à reativa;
  4. Tenha um corpo de lideranças engajado para as iniciativas sustentáveis;
  5. Compartilhe as iniciativas voltadas a ESG para comunicá-las a clientes e investidores.

Fundos ESG

Não é de hoje que grandes investidores vêm olhando com cautela as práticas sociais, ambientais e de governança das empresas antes de depositarem dois pontos muito importantes nelas: a confiança e o capital.

Para os investidores, as práticas ESG tomaram ainda mais relevância com a pandemia da COVID-19: 77% dos investidores entrevistados aumentaram seus investimentos em ESG de forma significativa, segundo pesquisa global com investidores institucionais realizada pela MSCI.

Hoje no mercado é possível identificar diferentes formas de se investir em ESG: seja por meio de Fundos de Fundos (FoF) – que direcionam parte de seu capital a ações sustentáveis, ou por meio de investimentos em renda fixa. Segundo a B3, no final do ano de 2020 havia 14 debêntures e seis Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRAs) – chegando à cifra de R$ 6 bilhões em investimentos ESG.

Assim como em outras categorias de investimentos, no mundo ESG também existe a possibilidade de se emitir títulos de dívida, os chamados Títulos Temáticos ESG, cujo objetivo é atrair capital para projetos que tenham um real e positivo impacto socioambiental. Esses títulos são divididos de acordo com seus propósitos:

  • Títulos Verdes (Green Bonds): investimentos relacionados a energia renovável; prevenção e controle de poluição; conservação da biodiversidade etc.;
  • Títulos Sociais (Social Bonds): direcionado a projetos de geração de empregos, segurança alimentar, infraestrutura básica etc.;
  • Títulos de Sustentabilidade (Sustainability Bonds): investimento em projetos que combinam ações “green” e “social” – socioambiental.

Além disso, empresas que têm como objetivo alcançar metas ESG podem emitir Títulos Vinculados à Sustentabilidade (Sustainability-Linked-Bonds), desde que tenha essas métricas de sucesso (KPIs) bem definidas. Exemplo:

(Video) O que é ESG? | EXPLICAADM #14

  • Atingir 100% de energia elétrica renovável até 2025;
  • Reduzir em 30% as emissões de Gases do efeito estufa (GEE) até 2040.

O que é Greenwashing?

O greenwashing acontece quando empresas afirmam ter responsabilidade ambiental mas, na prática, não a exercem ou não dão transparência para que ela seja verificada. Ou seja, as empresas se aproveitam de uma falsa “publicidade verde” para alavancar suas vendas que não condiz com seus processos internos.

Por exemplo, algumas empresas afirmam ser “A empresa que menos polui em seu setor”, “empresa que emite menos carbono no mundo”… esses são exemplos de frases para atento: exagerar na hora de divulgar os resultados e as práticas vinculadas a ESG pode ser uma forma de esconder um greenwashing (lavar de verde, em tradução livre).

Em outras palavras, greenwashing é a prática de empresas que divulgam dados e informações falsas, ou suspeitas, sobre suas ações sustentáveis – em sua maioria, com a intenção de atrair os olhares dos investidores que buscam empresas com boas práticas ESG.

Dada essa falta de transparência que vem acontecendo, em maio deste ano foi criado na Europa o SFDR (Sustainable Finance Disclosure Regulation) – Regulamento de Divulgação de Finanças Sustentáveis em tradução livre.

Basicamente, o SFDR regulamenta a transparência na divulgação de dados sobre as práticas de ESG dentro das empresas e sobre seus investimentos. O objetivo é impedir que notícias falsas, ou exageradas, sejam divulgadas ao mercado por meio de seus sites, material impresso ou até mesmo em seus relatórios periódicos. Além disso, os gestores desses fundos devem detalhar quais são as métricas utilizadas para mensurar o quão sustentável são tais práticas.

Selos verdes

Consumidor ou fabricante: os selos verdes foram criados para conscientizar ambos sobre o impacto ambiental que um produto ou serviço pode ter. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), hoje existem aproximadamente 400 selos com apelo sustentável no mundo.

Os selos verdes estão enquadrados dentro da normativa da ISO 14.020, que dispõe normativas sobre a rotulagem ambiental. Dentro dessa rotulagem existem os selos verificáveis e os selos autodeclarados. Por isso, é preciso ficar atento à veracidade dessas certificações, já que a prática de greenwashing também pode ser observada na criação de selos que contam uma história que não é verdade.

Veja os 10 principais selos oficiais, de acordo com o Idec:

Selo FSC:

A FSC, ou Forest Stewardship Council, é uma organização mundial e independente, sem fins lucrativos, que tem como principal missão garantir o manejo florestal sustentável e responsável ao redor domundo.

(Video) ESG: da teoria à prática das empresas | WEBINAR feat B3 e Mercado Livre

Os selos FSC são utilizados para garantir a certificação da origem das madeiras utilizadas como matéria-prima para os mais diversos fins. Essa rotulagem garante a rastreabilidade das madeireiras envolvidas no fornecimento, bem como a existência de matérias-primas não rastreáveis nos produtos.

Sempre que você adquirir um produto que contém o selo FSC é possível conferir sua autenticidade em uma dashboard oferecida pela própria organização.

  • Selo 100% (FSC): 100% da matéria-prima são de florestas bem-geridas;
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (1)
  • Selo Reciclado (FSC): matéria-prima reciclada com garantia de floresta certificada;
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (2)
  • Selo Misto (FSC): Pelo menos 70% da matéria-prima vem de florestas certificadas e 30% de madeira com origem controlada;
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (3)
  • Selo de Produto (FSC): madeira vinda de florestas certificadas;
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (4)
  • 100% Comunitário (FSC): Selo social – a matéria-prima vem de pequenos produtos e comunidades;
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (5)

Outros selos:

No Brasil ainda existem diversos outros selos que podem ser observados pelos consumidores para garantir as boas práticas ESG e outros diferenciais ambientais por parte das empresas. Veja alguns deles:

  • Selo Procel de Economia de Energia: Criado pelo Ministério de Minas e Energia em 1993, tem como objetivo incentivar a fabricação eletroeletrônicos que sejam mais eficientes, e logo economizem mais energia.
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (6)
  • Selo IBD Orgânico: atende as normas do Mercado Comum Europeu, do Mercado Norte Americano, e aos setores da agricultura, pecuária, fibras, aquicultura, processamento, insumos, extrativismo, cosméticos, vinhos e produtos de limpeza.
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (7)
  • Rótulo Ecológico (ABNT): atesta que os produtos tiveram baixo impacto ambiental no ar, água, solo e na saúde ao longo do seu ciclo de vida.
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (8)
  • CCF Rabbit (Choose Cruelty-Free): atesta empresas que não testam seus produtos e serviços em animais. A ONG responsável pela certificação é australiana.
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (9)
  • Rainforest Alliance Certified (Imaflora): indica que uma fazenda, floresta ou negócio turístico atende os padrões de sustentabilidade ambiental, social e econômico estabelecidos.
O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? - Fala, Nubank (10)

Práticas ESG Nubank

O Nubank nasceu com a missão de reduzir a complexidade financeira, e não quer ser lembrado apenas pela revolução financeira que criou, mas também pela maneira como está fazendo isso acontecer.

Por isso, a área de ESG do Nubank, o Nu Impacto, atua em diversas frentes para criar mudança significativa e duradoura no meio ambiente, em sua própria governança e na sociedade como um todo, seja por meio de práticas internas ou via Instituto Nu, nossa plataforma de inovação social.

Para acompanhar as práticas ESG do Nubank, acesse a página do Nu Impacto e conheça em detalhes os relatórios de resultados, pilares de atuação, políticas internas, relação com stakeholders, compromissos de D&I e mais.

Este texto faz parte da missão do Nubank de lutar contra a complexidade do sistema financeiro para empoderar as pessoas – físicas e jurídicas. Com aconta PJ, queremos ajudar donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos a focarem no que realmente importa.Saiba mais.

FAQs

O que é ESG Nubank? ›

E, para fazer isso de maneira sustentável, sabemos que é fundamental que nossa agenda ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança) cause impacto real e duradouro na vida dos nossos clientes e na sociedade em geral.

O que significa ser uma empresa ESG? ›

O ESG é um conjunto de padrões e boas práticas que visa definir se uma empresa é socialmente consciente, sustentável e corretamente gerenciada. Trata-se de uma forma de medir o desempenho de sustentabilidade de uma organização. A sigla, em inglês, reúne os três pilares desse movimento: Environmental (Meio ambiente);

Como explicar ESG? ›

O que é ESG? ESG é uma sigla em inglês para “environmental, social and governance” (ambiental, social e governança, em português). Geralmente, ela é usada para se referir às práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa.

Quais são as empresas ESG no Brasil? ›

A Natura foi a empresa mais associada ao ESG, obtendo 536 pontos, num índice que chega a 1 mil. A Unilever aparece logo após, com 389, seguida pela Ypê (386), Boticário (376), Petrobrás (372), Nestlé (354), Banco do Brasil (335), P&G (332) e Coca Cola (315).

O que faz um profissional de ESG? ›

O que faz: o profissional é responsável pelo aconselhamento e implantação das práticas ESG, além de funcionar como o vetor de operacionalização e parceiro das áreas de negócio na empresa. Conecta a companhia a projetos sociais e de sustentabilidade.

Quanto ganha um profissional de ESG? ›

Especialista em ESG

Perfil da vaga: profissional com expertise em gestão de projetos, acompanhamento e métricas de projetos ESG. Salário: R$ 10 mil a R$ 15 mil.

Quem criou a ESG? ›

O termo foi cunhado em 2004 em uma publicação do Pacto Global em parceria com o Banco Mundial, chamada Who Cares Wins. Surgiu de uma provocação do secretário-geral da ONU Kofi Annan a 50 CEOs de grandes instituições financeiras, sobre como integrar fatores sociais, ambientais e de governança no mercado de capitais.

Quais são os quatro pilares do ESG? ›

Conhecendo os pilares do ESG - Environmental, social, and governance
  • Ambiental. Quando você pensa em meio ambiente e sustentabilidade, o que vem à mente? ...
  • Social. De modo geral, a responsabilidade social é a prática de fazer o bem para a sociedade em troca de recompensas financeiras, ainda que de forma indireta. ...
  • Governança.
21 Sept 2022

Como saber se uma empresa tem ESG? ›

Algumas outras métricas avaliadas para saber se a empresa é comprometida com o SOCIAL da sigla ESG podem ser: melhores condições no ambiente de trabalho, garantir a segurança de dados de clientes e funcionários, garantir um relacionamento saudável e um impacto positivo na comunidade onde atua.

O que é ESG é porque é importante? ›

ESG é a sigla para Environmental, Social and Governance, que pode ser traduzida como um conjunto de práticas ambientais, sociais e de governança. Diz respeito as ações adotadas por uma empresa para atuar de maneira mais sustentável, ambiental e socialmente, e com boas práticas administrativas.

Qual a importância do ESG para as empresas? ›

Quais são os princípios ESG

É responsável por analisar como as organizações cuidam de seus próprios impactos ambientais e quais ações estão sendo tomadas para diminuí-los. Por exemplo: diminuição de emissão de carbono, luta contra o aquecimento global e investimento em invocações tecnológicas.

O que uma empresa precisa para ser ESG? ›

Em outras palavras, para ser ESG, a empresa deve criar uma série de projetos internos, visando: Defender ativamente os recursos naturais; Promover o engajamento em políticas de diversidade e redução das desigualdades; Mitigar os casos que envolvem corrupção, assédio e discriminação através de políticas rígidas.

Quais os benefícios do ESG? ›

Benefícios de investir em ESG

Redução de custos, ao mudar hábitos organizacionais em relação ao meio ambiente, como diminuição no consumo de plástico e papel. Direcionamento de impostos para programas sociais e culturais, impactando de forma direta o público externo.

Por que adotar ESG? ›

Além disso, adotar uma abordagem de ESG proativa ainda pode alinhar seu modelo de negócio para capitalizar a demanda por sustentabilidade, assim como colocar sua organização em vantagem competitiva contra empresas que ainda não se adaptaram.

Porque adotar ESG? ›

A adoção dos critérios da ESG para governança organizacional ajuda a garantir melhor controle dos processos e das práticas da empresa, estabelecendo altos padrões de gestão para o negócio e auxiliando no compliance com regulamentações locais e globais.

Quem pode estudar na ESG? ›

Cursos são abertos não só a militares e servidores públicos: a população em geral pode participar. Basta ter feito faculdade e ser recomendado por alguma instituição, que pode ser, por exemplo, um conselho de classe.

Qual o perfil de um líder para atuar com ESG? ›

Além de conhecimentos em torno de gestão de risco e sobre o impacto social e ambiental das organizações, a alta liderança precisa, ainda, dispor de pensamento de longo prazo, combinando coragem, ousadia e olhar para o futuro.

Qual o melhor curso de ESG? ›

Pensando nisso, separamos quatro cursos ESG gratuitos e online que podem te ajudar a turbinar o currículo.
...
4 cursos ESG gratuitos para fazer sem sair de casa
  1. 1 – Curso de Introdução ao ESG. ...
  2. 2 – ESG: um novo jeito de investir. ...
  3. 3 – ESG, o que todo profissional deve saber. ...
  4. 4 – Jornada 'Executivo de Impacto'
31 May 2022

O que é consultor de ESG? ›

Os consultores ESG ajudam as empresas a determinar quais ações devem tomar para melhorar e desenvolver seus esforços ESG. Eles também podem ajudar a desenvolver as estruturas e processos corretos dentro da organização se você estiver se preparando para divulgações ESG.

Quanto ganha um Gerente de ESG? ›

No cargo de Gerente de Sustentabilidade se inicia ganhando R$ 10.312,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 21.231,00. A média salarial para Gerente de Sustentabilidade no Brasil é de R$ 13.465,00. A formação mais comum é de Graduação em Engenharia Ambiental.

Quanto ganha Gerente de ESG? ›

Salários de Gerente de sustentabilidad
CargoSalário
Salários de Gerente De Sustentabilidade na KPMG: 2 salários informadosR$ 11.509/mês
Salários de Gerente De Sustentabilidade na Unilever: 2 salários informadosR$ 16.075/mês
Salários de Gerente sustentabilidade na BASF: 2 salários informadosR$ 17.319/mês
17 more rows

O que significa cada letra de ESG? ›

Primeiramente, vale entender o que significa cada letra do acrônimo “ESG”. A sigla vem do inglês Environmental (Ambiental, E), Social (Social, S) e Governance (Governança, G). No Brasil, também nos referimos a ela como ASG.

Quais são os ESG? ›

Meio ambiente, social e governança. É assim que se traduz do inglês a sigla ESG (Environmental, social and Governance). Essas três letras praticamente substituíram a palavra sustentabilidade no universo corporativo. Mas, afinal, do que se trata esse novo conceito?

Como conseguir o ESG? ›

O primeiro passo para a obtenção de um selo ESG é o diagnóstico da empresa. É preciso saber em qual etapa da implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a organização se encontra antes de planejar quais os próximos movimentos. Faça nosso diagnóstico gratuito da sustentabilidade da sua organização!

Qual o impacto do ESG nas empresas? ›

Uma pesquisa da Accenture em parceria com o Fórum Econômico Mundial mostra que práticas ambientais, sociais e de governança, aplicadas de forma robusta, geraram 20% a mais de lucro para as organizações, quando comparadas a empresas que não aplicam ESG.

Como implementar o ESG nas empresas? ›

Para isso, reveja os investimentos em projetos e crie ações direcionadas para implantação do ESG, crie uma cultura pela sustentabilidade e mude paradigmas para alcançar novos públicos, busque investimentos para controles de processos internos e práticas contábeis, acompanhe a as tendências do mercado.

Quais os ganhos para as empresas ao implementarem ESG na sua gestão? ›

Os compromissos ESG trazem diversas vantagens ao negócio, incluindo ganhos no desempenho financeiro. Esses compromissos tendem a reduzir o desperdício e o aumento das despesas, melhorar a imagem e a reputação da empresa, atrair clientes e investidores e, consequentemente, aumentar os lucros.

Como aplicar ESG no dia a dia? ›

Economia e reaproveitamento de água, reciclagem de resíduos, economia circular, fontes de energia limpa e renovável são alguns exemplos do que pode ser aplicado no dia a dia da empresa. Uma dica é observar como a natureza em torno da organização se comporta, e usar isso para ajudar na rotina de trabalho.

Qual o impacto do ESG? ›

Nos últimos anos, o ESG tem tido grande impacto para empresas do setor alimentício. Além dos compromissos com a preservação do planeta e a redução de impactos na produção, a governança ambiental para a indústria do setor é cada vez mais relevante para a saudabilidade.

O que é ESG na economia? ›

O ESG é uma abordagem que surgiu no meio financeiro para sistematizar e criar métricas essenciais para o mercado de capitais. Trata-se de uma forma de trazer a preocupação ambiental, governamental e social para o cenário corporativo, o qual antes focava apenas nos lucros.

Como obter certificado ESG? ›

O primeiro passo para a obtenção de um selo ESG é o diagnóstico da empresa. É preciso saber em qual etapa da implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a organização se encontra antes de planejar quais os próximos movimentos. Faça nosso diagnóstico gratuito da sustentabilidade da sua organização!

Como se tornar ESG? ›

Pós-graduação em ESG

Para isso, o ideal é que você invista em um curso de pós-graduação, como as especializações. Elas fazem parte do universo de cursos lato sensu, que buscam formar profissionais altamente capacitados em um assunto específico, e carregam uma série de vantagens.

Por que investir em ESG? ›

Investir em ESG faz bem para o mundo e para o bolso

Embora em 2022, com a crise mundial, os investimentos ESG também estejam sofrendo, há várias evidências de que no longo prazo este tipo de investimento seja favorável porque reduz riscos, contribui para uma geração de recursos mais perene e estável.

O que é ESG em finanças? ›

Você sabe o que a sigla ESG significa? O acrônimo refere-se aos termos Ambiental (Enviromental, em inglês), Social e Governança. Reunidos, esses pilares sugerem um nível de comprometimento das empresas em tornar suas operações mais responsáveis em termos de sustentabilidade, impacto social e gestão corporativa.

Quem avalia ESG? ›

O Instituto Ethos, que analisa a responsabilidade socioambiental na gestão de empresas, irá relançar seus indicadores de ESG (sigla para Ambiental, Social e Governança, em inglês) na quinta-feira, 30.

Como aplicar o ESG na empresa? ›

Como iniciar um processo ESG

Um primeiro passo para iniciar uma estratégia de implementação ESG no seu negócio é conhecer os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável instituídos pela ONU e analisar quais os impactos positivos e negativos que podem ser gerados a partir da realidade da sua empresa.

Quem trabalha com ESG? ›

Em suma, o ESG é um conjunto de práticas adotadas por empresas para melhorar os seus processos e diminuir os impactos causados ao meio ambiente. Com isso, os profissionais que têm uma carreira em ESG, são responsáveis por pensar formas de tornar a empresa para qual trabalham mais sustentável e socialmente consciente.

Onde estudar ESG? ›

2 – ESG: um novo jeito de investir

A capacitação é realizada pela B3, em parceria com a XP e a BlackRock, três instituições que são referência do mercado financeiro em temas e produtos ligados à sustentabilidade. Inscrições gratuitas aqui.

O que significa cada letra do ESG? ›

Primeiramente, vale entender o que significa cada letra do acrônimo “ESG”. A sigla vem do inglês Environmental (Ambiental, E), Social (Social, S) e Governance (Governança, G).

O que é ESG e sua importância? ›

O termo ESG tem sido usado para se referir a práticas empresariais e de investimento que se preocupam com critérios de sustentabilidade – e não apenas com o lucro no mercado financeiro.

Videos

1. Investimento sustentável? Entenda o que é ESG!
(Empiricus)
2. O QUE É ESG? | E como ela impacta a sua empresa familiar?
(Instituto Empresariar)
3. O QUE SIGNIFICA O NOME "NUBANK"?
(Os Sócios Podcast)
4. ESG 2: Por que investir em uma empresa ESG?
(BTG Pactual)
5. O que é ESG e por que sua empresa deveria se importar com isso | Speed & Some Control #13
(GazzConecta)
6. ESG and Sustainability Leadership
(GRAPE ESG)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Gregorio Kreiger

Last Updated: 12/04/2022

Views: 5698

Rating: 4.7 / 5 (57 voted)

Reviews: 80% of readers found this page helpful

Author information

Name: Gregorio Kreiger

Birthday: 1994-12-18

Address: 89212 Tracey Ramp, Sunside, MT 08453-0951

Phone: +9014805370218

Job: Customer Designer

Hobby: Mountain biking, Orienteering, Hiking, Sewing, Backpacking, Mushroom hunting, Backpacking

Introduction: My name is Gregorio Kreiger, I am a tender, brainy, enthusiastic, combative, agreeable, gentle, gentle person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.